fbpx

MENTOPLASTIA

O que é Mentoplastia

A Mentoplastia ou cirurgia plástica do queixo (mento) é a cirurgia plástica indicada para correções do tamanho e posição do queixo que envolve mandíbula, pescoço e o terço inferior da face.

A Mentoplastia serve para corrigir tanto o hipermentorismo quanto o hipomentorismo, que são os queixos recuados e os avançados respectivamente.

 

mentoplastia

O mento (queixo), assim como o nariz, tem grande importância na harmonia facial. Se a pessoa possui um queixo pequeno, o nariz tende a parecer grande e vice-versa. Portanto a harmonia facial depende do equilíbrio entre os dois.

Pessoas que possuem um queixo maior ou menor que o ideal, tendem a uma perda de equilíbrio visual na face, o que pode ser corrigido com a realização da Mentoplastia.

 

Quais as Indicações

A Mentoplastia é indicada para homens e mulheres que não estejam satisfeitos com a posição e o tamanho de seus queixos, o que deixa o perfil facial prejudicado esteticamente.

Queixos largos e quadrados são mais associados à masculinidade, o que pode ser facilmente comprovado quando vemos imagens de super-heróis das histórias em quadrinhos e nos galãs de novela e cinema.

 

Quais os benefícios

Os principais benefícios da Mentoplastia são:

  • Readequação da posição do queixo;
  • Readequação do tamanho do queixo;
  • Melhora na simetria;
  • Melhora na aparência;
  • Aumento da autoestima.

 

Como é o pré-operatório

O pré-operatório é iniciado com uma consulta médica detalhada, em que o paciente será minunciosamente examinado e serão avaliadas expectativas e possibilidades.

O médico solicitará a realização de exames laboratoriais e de risco cirúrgico.

Deverão ser passadas diversas informações sobre os medicamentos de uso atual, possíveis alergias e se há histórico de doenças familiares.

 

Como é a anestesia

A anestesia da Mentoplastia normalmente é local com sedação. Caso o paciente tenha outra necessidade, pode ser combinada, com o anestesista e o médico, uma anestesia geral.

 

Como é feita a Mentoplastia

A cirurgia é realizada em hospital, em caráter ambulatorial, ou seja, tendo alta prevista para o mesmo dia. Dura cerca de 2 horas, dependendo da necessidade de cada paciente e deve-se adicionar a este tempo o preparo e a recuperação pós-anestésica.

O hipomentorismo ou queixo retraído tem sua correção feita cirurgicamente, fazendo o avanço ósseo na região, ou através da inserção de implantes mentonianos, compostos de materiais aloplásticos e biocompatíveis, como silicone sólido ou propileno poroso. Essas próteses raramente provocam reações, não possuem efeitos tóxicos e nem perdem volume ou forma ao longo do tempo.

 

mentoplastia

Para evitar cicatrizes, a prótese, na maioria das vezes, é inserida por via oral, através de uma incisão entre o lábio inferior e a mandíbula. Em seguida ela é encaixada e fixada no local.

Já a cirurgia, para quem tem hipermentorismo, é feita através da redução do mento. Requer um procedimento em que parte da região óssea é removida para uma nova fixação, com placas e parafusos, na ponta do queixo. Um procedimento bem mais invasivo e complexo.

 

Quais são os riscos da Mentoplastia

Os riscos da Mentoplastia são os mesmos de qualquer outra cirurgia plástica: hematomas, inchaços e cicatrizes.

Os riscos são maiores, se o paciente não seguir as recomendações médicas.

 

Como é o pós-operatório da Mentoplastia

O período de recuperação da Mentoplastia leva várias semanas. Nas duas primeiras semanas ocorre o edema ou o inchaço na região. Ao fim da segunda semana o paciente já poderá retornar ao trabalho. Em alguns casos pode ocorrer dormência do lábio e queixo, mesmo que temporário.

Os pontos, quando a incisão for debaixo do queixo, serão retirados  de 5 a 7 dias após a cirurgia. Na incisão intraoral o fio é absorvível. 

No início do período de recuperação é natural que haja dificuldade na mastigação, portanto opte por uma dieta líquida e vá gradualmente progredindo para alimentos pastosos. Em uma semana, volte a ingerir alimentos normais.

É importante reforçar a higiene oral com soluções antissépticas, principalmente nos casos de incisão intraoral.

Para dormir, é indicado elevar a cabeceira da cama e evitar dormir deitado de lado. Veja mais alguns cuidados importantes:

  • Evitar a exposição solar, enquanto houver hematomas;

  • Evitar exercícios físicos por pelo menos 3 semanas;

  • Evitar o tabagismo;

  • Manter os curativos sempre secos e limpos, trocando-os sempre que necessário;

  • Evitar movimentos bruscos com a cabeça.

 

Evolução e resultados da Mentoplastia

Os resultados da Mentoplastia serão visíveis logo após a operação e irão se ampliando, à medida que o edema (inchaço) na área operada for diminuindo, o que costuma acontecer nas três primeiras semanas.

Os resultados definitivos aparecem em 6 meses, para os casos de incisão intraoral. Nos casos de incisões externas, as cicatrizes podem levar até 18 meses para ficar quase imperceptíveis.

Com o sucesso da Mentoplastia o paciente terá um perfil bem mais adequado, proporcionando mais harmonia facial.

Vale lembrar que os resultados de cirurgias não são matemáticos, pois a evolução depende de cada paciente. O ser humano não é absolutamente simétrico. O que a cirurgia propõe é uma melhor harmonização, na posição e no tamanho do queixo, em relação ao restante da face.

Para a potencialização dos resultados, a Mentoplastia pode ser associada à Rinoplastia, cirurgia plástica do nariz e à Lipoaspiração (retirada de gordura) do pescoço para a eliminação da chamada papada.

Saiba mais preenchendo e enviando o formulário abaixo.

Agende sua Avaliação

    Nome
    E-mail
    Telefone
    Qual o seu interesse?
    Mensagem